CORTIÇA: VERSATILIDADE SOMA PONTOS NO DESIGN DE INTERIORES!

Cortiça

A cortiça é um material tipicamente português que tem vindo a marcar a sua posição como uma matéria-prima de excelência no design de interiores. Já falamos aqui sobre as principais características da cortiça e como deve ser cuidada.

Neste artigo, vamos um bocadinho além disso para lhe mostrar que a cortiça já não serve apenas para fazer rolhas ou mesmo para isolamentos acústicos. Hoje em dia, este material de origem portuguesa é utilizado para diversas funcionalidades. A que lhe vamos falar hoje é a cortiça como elemento de decoração: um selo 100% português no design de interiores. A cortiça e as suas múltiplas aplicabilidades no design de interiores, com diferentes funções, assumindo diferentes formas.


#Cabeceira da cama

Se a sua decoração tem um estilo moderno, a cortiça é um dos materiais em que deve apostar. Para dar um toque elegante, coloque a cabeceira da cama em cortiça. Vai dar um ar simples e aconchegado, mas bastante moderno à decoração do seu quarto.


 #Tampos de mesa

Antigamente, não havia uma casa tradicional portuguesa que não tivesse uma base de copos feita em cortiça e as propriedades impermeáveis da cortiça foram as responsáveis para este fenómeno nacional. Hoje em dia já se percebeu que se pode aproveitar melhor estas propriedades da cortiça e juntá-las a uma decoração de requinte. Por isso, já é possível encontrar mesas, principalmente as que servem de centro da sala de estar, em que o tampo é todo feito de cortiça. Assim, tem algo dois em um: uma peça de estilo moderno, que pode personalizar ao seu gosto, sem se preocupar com líquidos ou gases.

 

#Vasos

A cortiça realmente é muito versátil e pode ter várias funcionalidades. Aproveitando a impermeabilidade da cortiça, começa-se a ver este material ganhar algum terreno em vasos para as plantas interiores. Dá um toque simples e arrojado à sua decoração, sem sujar nem molhar o sítio onde tem a planta.


#Bancos e sofás

Se já tocou na cortiça sabe que este material é muito suave ao toque. Por isso, não é de estranhar que a cortiça seja agora usada como um elemento na composição de bancos ou de sofás. Como é um material 100% reciclável e que dificilmente se estraga, é muito escolhido para integrar estas peças de decoração tão utilizadas. O resultado só podia ser uma neutralidade estética e clean. Exemplo disso, é o nosso sofá e poltrona “Vira o Disco e Toca o Mesmo”.


#Parede

Como já referimos aqui, a cortiça é um ótimo material de preferência para o isolamento das paredes. No entanto, se antes a cortiça era disfarçada, agora a tendência no design de interiores é ostentar orgulhosamente este material português. Pode colocá-lo apenas na parede de fundo da divisão ou em todas as paredes. Como tem uma cor nude e neutra, a cortiça vai conjugar bem com qualquer cor que tenha na divisão, contribuindo para um ambiente rústico e original. Mas se a sua casa for mais moderna, pode dar asas à imaginação e fazer pequenas formas geométricas com a cortiça. Pode criar pequenos apontamentos que vão dar uma decoração única à divisão.


#Quadro

Uma das utilizações mais comuns para a cortiça é também transformá-la num quadro de lembretes. Agora, com acabamentos muito mais modernos, a tendência é usar a cortiça como o fundo de um quadro, para pendurar objetos, fotografias, desenhos, para dar um toque bem português à decoração.

Se Portugal está na moda, então pode ter a certeza que os produtos com o carimbo “made in Portugal” também o estão. A cortiça, como uma das bandeiras nacionais, tem sido uma forte aliada da decoração. Com um material de qualidade e com baixa manutenção, consegue-se criar peças únicas, inovadoras e criativas. Queremos continuar a partilhar consigo temas relacionados com design de interiores, com um cunho bem à moda portuguesa, abordando materiais e elementos típicos do nosso país. Subscreva o nosso blog e partilhe também connosco as suas ideias e opiniões.