Design de interiores com elementos e materiais portugueses!

Design de Interiores

Design de interiores com elementos e materiais portugueses é uma realidade cada vez mais presente. Sejam bares, hostels, hóteis, restaurantes ou tasquinhas, muito são os espaços que apostam num design com carimbo português. Portugal tem estado no centro das tendências do design de interiores, principalmente nestes sítios mais visitados por turistas, para lhes dar aquele cheirinho português.

A Portugalidade voltou a estar na moda e marca pontos na decoração. O design de interiores resgatou matérias e objetos tipicamente portugueses, que transmitem a história da nossa cultura, para decorar estas casas portuguesas. É como se fosse um sinal para os turistas a dizer: “Bem-vindo a Portugal, faça o favor de entrar”.


#Azulejos

Não há ninguém que não identifique o azulejo tipicamente português, aquele que antigamente era cuidadosamente pintado à mão e que agora é tão apreciado por todos. O azulejo fica muito bem numa sala, na casa-de-banho ou até mesmo na cozinha. A tendência de design de interiores é ter meia parede coberta de azulejo ou mesmo alguns apontamentos espalhados pela divisão.

 

#Porcelana

Numa casa portuguesa, com certeza, não podem faltar os objetos de porcelana, sejam apenas de decoração ou peças de loiça. Estes objetos de decoração em porcelana estão muito presentes nas peças de design de interiores modernas, para dar, principalmente à cozinha, um toque tradicional e rústico. Há até novas linhas de decoração inspiradas especificamente nestes objetos de porcelana antigos. Pode ver vasos, jarros e até mesmo pratos em forma de frutas e animais ou em forma de legumes.

 

#Bibelots

Bibelots, como o Zé Povinho ou o Galo de Barcelos, os mais usados em design de interiores para mostrar a quem chega que é um espaço bem à moda portuguesa.

 

#Tecidos tradicionais portugueses

O lenço dos namorados é um clássico conhecido por muitos, bordado em tecido e com erros ortográficos. Se antes era guardado apenas pelos namorados que recebiam esta prenda, agora o lenço dos namorados é guardado por todos os portugueses. Este símbolo português é escolhido pelas tendências de design de interiores para decorar toalhas de mesa, panos de cozinha, quadros, almofadas. Enfim, a escolha é infinita.

O burel, o tecido de excelência 100% português, surge agora reinventado, com diversas aplicações, muito além da tradicional capa de pastor. Já aqui demos vários exemplos de como é usado no design de interiores, aproveitando as suas qualidades.

Já o tapete de arraiolos, bordado em lã, também ele uma peça essencial da cultura portuguesa, costuma servir para decorar quartos, salas e, o mais escolhido, corredores de entrada. Ficam ótimos num registo de design de interior mais rústico, num hotel ou num restaurante, por exemplo.

 

#Rendas

As rendas são mais um legado da história de Portugal, que encerram em si o trabalho e o tempo que levava a fazer estes tecidos trabalhados. Não só são peças bonitas mas também dão um ar mais caseiro a uma divisão.
O tipo de renda mais conhecido é a renda de Bilros, que costuma ser usada em design de interiores para embelezar mesas, almofadas e cortinas. Em muitos sítios, pode até ver algumas rendas emolduradas tal a simplicidade e a beleza que conferem a um espaço.

 

#Cortiça

A cortiça é também um material tipicamente português que já começa a estar muito associada ao design de interiores. Versátil, com múltiplas aplicações, a cortiça alargou o seu âmbito muito para além das rolhas de vinho. É agora elemento de decoração, assumindo diferentes formas, formatos, objetos e utilidades.
Uma sugestão simples é usar a cortiça para revestir uma das paredes do quarto ou da sala. Vai dar um ar mais natural e a sensação de aconchego.

 

#Gravuras portuguesas

Normalmente, as gravuras portuguesas estão muito presentes nos azulejos e representam passagens da vida quotidiana portuguesa de antigamente. Agora, pode até encontrar estas gravuras portuguesas em papel de parede para decorar entradas e salas.

 

#Instrumentos de música portugueses

A guitarra portuguesa é sem dúvida um dos objetos de eleição quando queremos um design de interiores que inspire Portugal. Nos hotéis, funciona extremamente bem porque é um objeto que costuma atrair a atenção dos turistas que não estão acostumados a ver este tipo de guitarra. Para além de ser um objeto cheio de simbologia, dá também um toque original ao seu design de interiores.
O cavaquinho é outro instrumento usado mas um pouco menos usual.

Este tipo de decoração de identidade portuguesa ou com apontamentos tipicamente portugueses, não tem apenas o propósito de decorar. Pretende transmitir a quem chega um pouco do sentimento e da cultura do nosso país, no fundo um pouco daquilo que é “ser português”.
A tipicidade portuguesa regressa em força e são cada vez mais os espaços que reforçam a alma portuguesa, em pequenos apontamentos ou na decoração por inteiro.
Se os estrangeiros ficam deliciados, os Portugueses não ficam atrás. Na verdade, cada vez mais valorizamos o que é português, o que é feito no nosso país. As nossas matérias-primas, os nossos materiais e os nossos produtos estão a ser reconhecidos pelo imenso valor que têm e são motivo de orgulho nacional.