Eco-hotel: conceito de hotelaria ecologicamente consciente!

eco-hotel

Eco-hotel é um tipo de empreendimento turístico que valoriza as boas práticas ecológicas, o que faz cada vez mais sentido dada a fragilidade ecológica do nosso planeta.

Os eco-hotéis apostam num estilo de vida amigo do ambiente, por isso integram-se num cenário natural e visam a conservação dos recursos naturais envolventes. Além disso, sempre que se visita um eco-hotel torna-se evidente a sua preocupação ambiental até nos materiais empregues na sua construção – como a rocha (granito, xisto ou mármore) e a madeira de árvores autóctones – e na sua decoração – como a madeira, a e a cortiça.

Os eco-hotéis não só promovem o ecoturismo, como também têm em consideração características ambientais de cariz sustentável, nomeadamente:

·       A construção ecológica

·      A atitude ecológica

·      A missão\educação ecológica
 


  Eco-hotel e ecoturismo: uma simbiose perfeita!

Nos tempos correntes é cada vez mais notória a existência de turistas sensíveis às questões ambientais. São pessoas bem-informadas, esclarecidas e bem-educadas, conscientes da necessidade da preservação das espécies autóctones e da gestão sustentável dos recursos naturais.

Tais ecoturistas gostam de estar em harmonia com a Natureza, por isso procuram locais de lazer e descanso verdadeiramente incorporados na cultura tradicional da região e no meio ambiente local, valorizando:

·       Práticas de exploração agropecuária ou agro-piscatória menos nocivas.

·      Projetos que promovam o comércio justo e tradicional  , e a agriculturabiológica, dinamizando a economia local.

·      Atividadeslúdicas que minimizem o seu próprio impacto ambiental.

Nesta linha, no cerne das escolhas dos ecoturistas pelo hotel mais apropriado e, devidamente enquadrados nos seus princípios ambientais, recaem os eco-hotéis e todas as características que lhe estão associadas. 

 

Eco-hotel: uma construção ecológica de valor turístico.

Na construção de um eco-hotel, a matéria-prima principal utilizada é a madeira, preferencialmente, nativa. Por um lado, a madeira, para além de ser um sumidouro de dióxido de carbono, é também um recurso natural florestal de rápida recuperação. Por outro, a madeira de origem autóctone, como a do pinheiro, carvalho, azinheira, loureiro, cerejeira e sobreiro, tem uma maior resistência ao fogo, carbonizando de fora para dentro, muito lentamente, o que permite uma evacuaçãoeficaz do edifício em caso de incêndio.

Um outro aspeto importante dos empreendimentos da hotelaria ecológica é a sua orientação. Estes são construídos de forma a permitir a entrada da radiaçãosolar, obtendo claridade natural nas divisões e, nas estações mais frias, um aquecimentonatural do edifício. Através da aplicação de palas, proporcionam sombras naturais e a livre circulação do ar, minimiza o recurso ao ar condicionado.

Em termos de gestão sustentável da água e energia, os eco-hotéis apresentam:

·     Sistemas de recolha das águas pluviais para reutilização na rega ou na piscina.

·      Piscina ecológica.

·      Painéis solares térmicos.

·      Lâmpadas de baixo consumo.

·      Torneiras com temporizador e autoclismos com descarga dupla.

·      Clarabóias em locais sem janelas, privilegiando a entrada de iluminação natural para o interior.

Finalmente, em termos de mobiliário, o investimento dos eco-hotéis recai em objetos tradicionais locais e peças compostas por materiais ecológicos, naturais ou reciclados.

 

Eco-hotel: das atitudes ecológicas aos atos.

Num eco-hotel as boas práticas ambientais não se limitam à compra e implementação de materiais ecológicos, também se valorizam os comportamentos pró-ecologicos, designadamente:

·     A separação de resíduos sólidos urbanos, como o papel, o plástico, o metal e o vidro, e a recolha e reciclagem de rolhas de cortiça, consumíveis informáticos e pilhas.

·      A utilização de produtos de limpeza naturais e biodegradáveis.

·      A plantação de árvores autóctones nos espaços verdes circundantes.

·      A redução da circulação de veículos de consumo de combustíveis fósseis.

·      A redução da troca de toalhas e lençóis por hóspede.

 

A missão educativa de um eco-hotel.

Todos os eco-hotéis encontram-se naturalmente integrados no meio ambiente em que se inserem, pelo que, frequentemente, estabelecem parcerias com as entidades de conservação da natureza locais para:

·      Criar workshops sobre a fauna, a flora e o clima da região.

·      Organizar visitas guiadas que possibilitem a exploração ecológica dos espaços florestais envolventes.

·      Promover seminários informativos que alertem para a importância e urgência da adoção de boas práticas ambientais.

 

Uma certificação específica: certificado Eco-hotel da TÜV Reihland.

Qualquer hotel que se preze procura obter certificados de garantia de qualidade, um bom eco-hotel não escapa à regra!
De facto, há uma certificação especificamente criada para este sector particular do turismo, é o certificado EcoHotel da TÜV Reihland.

Este certificado garante que o hotel se foca numa política ambiental que assegura a redução dos consumos de água e energia, pratica uma gestão de resíduos, cumpre a legislação ambiental em vigor e valoriza os produtos tradicionais e locais.

Posto isto, qualquer eco-hotel de qualidade proporcionará experiências únicas, naturais e memoráveis aos seus hóspedes, verdadeiramente, enquadradas com a cultura local e o meio ambiente circundante.